Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

  
Uma aldeia que se preza ter tido no cultivo do milho uma das suas maiores riquezas, não poderia deixar de ter um importante conjunto de eiras e espigueiros. Assim é com Macieira de Alcôba, a qual possui vários núcleos de eiras e espigueiros, os quais pertenciam às várias famílias de lavradores da aldeia, sendo que muitos deles ainda são utilizados nos nossos dias e encontram-se bem conservados.
Vale a pena passear pela aldeia e espreitar estes recantos, seja no meio do casario ou dos campos de cultivo, admirando estes belos exemplares da nossa arquitectura tradicional, que nos fazem dar razão a Orlando Ribeiro, quando este afirmava que em muitos aspectos, de índole cultural e paisagístico, o Minho começa na bacia do Vouga.



publicado por Armando às 19:47 | Link do post | Comentar

mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Artigos

Notícia da inauguração

Inauguração da Aldeia Ped...

Recuperação da moinhola e...

Dia Nacional dos Moinhos

Candidatura

O Último Povo da Serra de...

CARUMA

S. Martinho

Aldeia com tradições

Dia Nacional dos Moinhos

Primavera!

Boas Festas

Aldeia Pedagógica do Milh...

Trilho da Aldeia

A capela do outeiro

Outono

Trilho Terras de Granito

Workshop

O antigo estanco

Chão do Ribeiro

O Milagre da Urgueira

Visita da Etnoideia

As eiras e os espigueiros

Restaurante "A Escola"

A aldeia

Os Moinhos

A Moinhola

Actividades de Julho

Museu do Milho

arquivos

Agosto 2013

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Links
Deixe Mensagem com comentários, sugestões ou impressões de visita à aldeia
Mapa

Exibir mapa ampliado
Visitas
free hit counters
free hit counters
blogs SAPO
subscrever feeds